Como utilizar

O Kit de Ferramentas da Sala de Aula do Futuro é um conjunto de ferramentas, orientações e recursos para a conceção de cenários da sala de aulas do futuro e para a sua utilização com vista a produzir experiências de ensino e de aprendizagem avançadas e inovadoras. O kit de ferramentas ajuda o utilizador a delinear um percurso através do processo de inovação, centrando-se em abordagens avançadas ao ensino e à aprendizagem que apoiam os alunos na adoção de competências para o século XXI.

O kit é composto por cinco conjuntos de ferramentas que orientam o utilizador através das fases de criação de um cenário, com o objetivo de trazer inovação para a sala de aula. O termo "sala de aula" refere-se não apenas a uma sala de aula no sentido tradicional, mas a qualquer local onde a aprendizagem tenha lugar, incluindo a casa e outros locais fora da escola.

O kit de ferramentas permite dar apoio a uma abordagem integrativa de toda a escola no sentido da inovação:

  • Criando uma visão educativa ambiciosa, mas que possa ser implementada de forma realista;
  • Envolvendo todas as partes interessadas no desenvolvimento de uma estratégia de TIC para a escola;
  • Concentrando-se em práticas pedagógicas avançadas e na gestão da mudança;
  • Concebendo Atividades de Aprendizagem aliciantes e inovadoras através da utilização de tecnologias digitais para apoiar a aquisição de competência do século XXI por parte dos alunos;
  • Avaliando a utilização das Atividades de Aprendizagem.

A quem se destina o kit de ferramentas?

O kit de ferramentas pode ser adaptado a diferentes necessidades e contextos e utilizado pelas partes interessadas que pretendem introduzir inovação numa única aula, em toda a escola ou num sistema educativo mais abrangente. Pode ser utilizado por:

  • Líderes escolares e professores para o desenvolvimento de pedagogias inovadoras e significativas. Por exemplo, quando uma escola está a mudar o currículo ou a considerar investir em tecnologia para melhorar as práticas de ensino e aprendizagem, o kit de ferramentas pode ser utilizado para refletir sobre as práticas atuais e ajudar a conceber e implementar a inovação na sala de aula.
  • Consultores e decisores políticos ao nível regional e nacional, no apoio ao desenvolvimento de uma estratégia regional ou nacional para a implementação de novas tecnologias. O kit de ferramentas pode ser utilizado para abordar as tendências e desafios, implementar novas tecnologias e soluções no âmbito dos sistemas educativos e proceder a alterações em todo o sistema ao nível regional, nacional ou internacional.
  • Fornecedores de tecnologia e consultores – para fornecer apoio e orientação às escolas sobre o modo como podem desenvolver a sua estratégia de TIC e para guiar o seu próprio desenvolvimento de produtos e serviços. O kit de ferramentas pode ser utilizado para compreender melhor as necessidades das escolas e dos educadores e para colaborar com os decisores políticos e os professores, com vista ao desenvolvimento de uma visão partilhada, no sentido de uma efetiva implementação e utilização da tecnologia na aprendizagem.

Como deve ser utilizado o kit de ferramentas?

O kit de ferramentas foi concebido para o orientar ao longo de todo o processo de criação de Cenários de Sala de Aula do Futuro (FCS - Future Classroom Scenarios). É composto por cinco conjuntos de ferramentas, cada um dos quais pode ser utilizado independentemente ou como parte de um processo integrado de desenvolvimento de Cenários de Sala de Aula do Futuro. Em cada um destes conjuntos de ferramentas há uma série de atividades sugeridas que podem ser utilizadas em workshops organizados pela Equipa de Inovação da escola ou por outros professores para conceber ou adaptar cenários de sala de aula do futuro.

Conjuntos de Ferramentas Como parte do processo de FCS (ao nível da escola ou sistema) Como ferramentas individuais
1 – Identificar Partes Interessadas e Tendências A criação de um FCS começa pelo envolvimento de um vasto conjunto de partes interessadas informadas, trabalhando com elas para identificar as tendências e definir mudanças que sejam suscetíveis de afetar as escolas no futuro. Para identificar quem deve estar envolvido nos diferentes processos de gestão da mudança. Os processos de decisão política ao nível educativo devem basear-se numa identificação informada das tendências.
2 – Modelização da Sala de Aula do Futuro Para criar um FCS útil, é importante avaliar a maturidade de uma escola relativamente à utilização das TIC nos processos de ensino e aprendizagem. A autoavaliação é utilizada em muitas escolas e países para aferir o seu progresso atual na adoção eficaz das TIC.
3 – Criar um Cenário da Sala de Aula do Futuro Uma atividade com workshops presenciais para a criação de um FCS no sentido de definir uma visão de mudança. Simplesmente adaptando e adotando um cenário já existente no banco de FCS.
4 – Conceber Atividades de Aprendizagem inovadoras O FCS é utilizado como inspiração para a conceção de Atividades de Aprendizagem inovadoras, com orientação e apoio relativamente à utilização de tecnologias de aprendizagem. Pode ser utilizado um FCS existente para criar um conjunto de Atividades de Aprendizagem
5 – Avaliar a inovação na sala de aula Devem ser utilizadas Atividades de Aprendizagem na sala de aula, avaliando-as para verificar se estas introduzem a inovação desejada. As Atividades de Aprendizagem existentes podem ser utilizadas na sala de aula e avaliadas.

A Metodologia da Sala de Aula do Futuro

O Kit de Ferramentas da Sala de Aula do Futuro oferece um conjunto de materiais de orientação, ferramentas informáticas e outros recursos que guiam os utilizadores através de todo o processo de gestão da mudança. Esta metodologia garante que a implementação das TIC nas escolas é realizada tendo por base uma visão clara da sala de aula do futuro e que são adotadas abordagens pedagógicas avançadas.

O processo de criação de um Cenário de Sala de Aula do Futuro pode ser entendido em três etapas:

Etapa 1 - Desenvolver Cenários de Sala de Aula do Futuro Inspiradores

Um Cenário da Sala de Aula do Futuro (FCS) é uma descrição narrativa dos processos de ensino e de aprendizagem que oferece uma visão sobre a inovação e práticas pedagógicas avançadas suportadas pela tecnologia.

Um Cenário de Sala de Aula do Futuro é criado através da conjunção de um número diversificado de partes interessadas com diferentes perspetivas sobre os desafios e oportunidades que devem ser tidos em consideração no planeamento da educação do futuro. O seu papel é identificar as tendências emergentes relevantes que são suscetíveis de ter um impacto sobre o ensino e a aprendizagem no futuro, bem como avaliar o nível de maturidade da Sala de Aula do Futuro relativamente à utilização de tecnologias digitais e outras abordagens inovadoras, para determinar o nível desejado que a escola pretende alcançar. As tendências e o nível de maturidade são utilizados para orientar o processo de redação do cenário.

Etapa 2 - Conceber Atividades de Aprendizagem Inovadoras

A segunda etapa da Metodologia da Sala de Aula do Futuro é a utilização de Cenários da Sala de Aula do Futuro como inspiração para a conceção de Atividades de Aprendizagem a ser implementadas na aula. Isto envolve um processo de conceção colaborativo no qual grupos de professores, muitas vezes de grupos de disciplinas e com experiências diferentes, trabalham em conjunto num workshop de conceção, sendo-lhes dada orientação relativamente à utilização dos recursos e tecnologias.

Uma Atividade de Aprendizagem é uma descrição concreta de uma unidade de uma experiência de ensino e aprendizagem, não sendo específica de nenhuma disciplina e podendo ser utilizada em todo o currículo. O processo colaborativo de conceção de Atividades de Aprendizagem destina-se a permitir que os professores possam transformar os cenários educativos visionários em práticas concretas na sala de aula. Deste modo, os cenários oferecem um estímulo à conceção de Atividades de Aprendizagem inovadoras.

Etapa 3 - Experimentar e avaliar Atividades de Aprendizagem

Na última etapa, as Atividades de Aprendizagem são testadas na sala de aula e avaliadas. O objetivo da avaliação é identificar os pontos fortes e as debilidades da Atividade de Aprendizagem, bem como os benefícios e limitações das ferramentas e recursos utilizados na Atividade. Os professores são incentivados a partilhar as suas experiências no âmbito de uma comunidade de prática, dando feedback uns aos outros e refletindo sobre os desafios e obstáculos que foram encontrando.

A avaliação é utilizada para recolher e analisar as informações e evidências relativamente ao processo inovador de ensino e aprendizagem e seus resultados, bem como para refinar a Atividade de Aprendizagem e identificar oportunidades de desenvolvimento. Os resultados da avaliação são comunicados aos intervenientes e utilizados para informar as decisões subsequentes em matéria de inovação no processo de ensino e de aprendizagem.

Histórias inspiradoras dos utilizadores

Veja como o kit de ferramentas ajudou um diretor norueguês a motivar os professores a inovar.